Município de Cuba

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Proteção Civil
Noticias

Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios prorrogado até 10 de outubro

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

INFORMAÇÃO:
O período crítico previsto no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios foi prorrogado até 10 de outubro (despacho n.º 8644-B/2019), face às circunstâncias meteorológicas prováveis para os primeiros dez dias do mês.
Prevê-se a manutenção do risco de incêndio rural em níveis elevados, com temperaturas com valores acima do que é o padrão para a época, baixa probabilidade de ocorrência de precipitação, com uma previsão do nível de precipitação abaixo da média, e tendência para tempo seco e quente em todo o território nacional.
Face às condições descritas, considera-se necessário continuar a adotar as medidas e ações especiais de prevenção de incêndios florestais, que decorrem durante o período crítico, no âmbito do Sistema de Defesa da Floresta Contra Incêndios.
Durante o período crítico de incêndios, nos espaços florestais ou agrícolas, é proibido:
• Fumar, fazer lume ou fogueiras;
• Fazer queimas ou queimadas;
• Lançar foguetes e balões de mecha acesa;
• Fumigar ou desinfestar apiários, salvo se os fumigadores estiverem equipados com dispositivos de retenção de fagulhas;
• Fazer circular ou utilizar tratores, máquinas e veículos de transporte pesados que não possuam extintor, sistema de retenção de fagulhas ou faíscas e tapa chamas nos tubos de escape ou chaminés.

 

AVISO À POPULAÇÃO - PRECIPITAÇÃO e TROVOADAS

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

GMPCO Gabinete Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Cuba divulga o presente aviso à população:

Situação Meteorológica:
No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada prevê se, para o dia de hoje, 26/08/2019, no período compreendido entre as 13:00 e as 21:00, um agravamento das condições meteorológicas, salientando-se:
• Aguaceiros, por vezes fortes, e acompanhados de rajadas de vento fortes;
• Condições favoráveis à ocorrência de trovoadas.

SITUAÇÃO EXPECTÁVEL
Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
• Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água;
• Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
• Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;
• Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
• Danos em estruturas montadas ou suspensas;
• Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte.
• Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de praia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;
•Fenómenos geomorfológicos causados por instabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

MEDIDAS PREVENTIVAS
A ANEPC recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:
– Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a formação de lençóis de água nas vias;
– Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
– Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
– Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte;
– Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

 

AVISO À POPULAÇÃO - PERIGO DE INCÊNDIO RURAL - PROLONGAMENTO

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

GMPC\\Prevê se que, até Domingo, dia 25/08/2019, um agravamento das condições meteorológicas

O Gabinete Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Cuba divulga o presente aviso à população:


1. SITUAÇÃO
Situação Meteorológica:
No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada prevê se que, até Domingo, dia 25/08/2019, um agravamento das condições meteorológicas, salientando-se:

Sexta - Feira, 23 de Agosto
• Humidade relativa do ar (HRA) entre 10% e 30% na generalidade do território. Fraca recuperação noturna em especial nas regiões norte e centro (<35%). Inversões térmicas acentuadas até aos 1000 m.
• Vento do quadrante leste por vezes forte (até 40 km/h) nas terras altas até meio da manhã e no final do dia. No litoral vento temporariamente a soprar de noroeste durante a tarde, a fazer-se sentir também em algumas regiões do interior;
• Temperaturas sem alterações significativas.

Sábado, 24 de Agosto
• Humidade relativa do ar (HRA) entre 10% e 30% nas regiões centro e sul e do interior norte. Ligeira recuperação noturna, mas ainda inferior a 50% em algumas regiões do interior;
• Vento a predominar do quadrante oeste moderado (até 30 km/h) a partir da tarde;
• Pequena descida da temperatura máxima no litoral norte e centro sem alterações significativas nas regiões do interior.

Domingo, 25 de Agosto
• HRA a manter valores baixos durante a tarde nas regiões do interior;
• Vento a predominar do quadrante oeste, sendo fraco variável na região norte até final da manhã, soprando moderado a forte (até 40 km/h) na faixa costeira ocidental a partir da tarde;
• Pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior.

Para além das condições meteorológicas previstas, é de ter em consideração o histórico de incêndios nesta altura do ano e o incremento da pressão humana nos distritos em destaque para o presente CTO.

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS
Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
• Manutenção do índice FWI (indicador relativo da intensidade do fogo) para valores elevado, determinado pelas condições meteorológicas e pelo estado de secura da vegetação. Aumento das ignições face ao incremento da atividade humana junto dos espaços rurais. É expetável dificuldade nas operações de supressão, com possibilidade de existência de ocorrências com duração superior a 24h.

3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil (ANEPC) recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, durante o período crítico (01 de julho a 30 de setembro):

PROIBIDO fazer Queimadas Extensivas sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520;

PROIBIDO fazer Queima de Amontoados sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520;

PROIBIDO utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito;

PROIBIDO fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais;

PROIBIDO lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal;

PROIBIDO fumigar ou desinfetar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.

PROIBIDO usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos;

OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas (TON).

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil recomenda assim a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente através da adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, na utilização do fogo em espaços rurais, observando as restrições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC, do IPMA e do ICNF, ou junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros.

 

AVISO À POPULAÇÃO - PERIGO DE INCÊNDIO RURAL

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

GMPC\\Prevê se que, até Sexta-Feira, dia 23/08/2019, um agravamento das condições meteorológicas

O Gabinete Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Cuba divulga o presente aviso à população:


1. SITUAÇÃO
Situação Meteorológica:
No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), e de acordo com a informação meteorológica disponibilizada prevê se que, até Sexta-Feira, dia 23/08/2019, um agravamento das condições meteorológicas, salientando-se:

• Aumento da Temperatura, para valores acima da média, variando entre os 30ºC e os 35ºC, podendo atingir valores acima dos 35ºC, no interior;

• Vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando temporariamente com rajadas fortes (até 40 km/h);

• Valores de humidade relativa do ar (HRA) com um decréscimo para os 20% - 30% durante a tarde, sendo que, no período noturno não se registarão valores superiores a 50%, incluíndo nas regiões do litoral.

2. EFEITOS EXPECTÁVEIS
Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
• Incremento do perigo de incêndio para valores muito elevados a máximos, na generalidade do território, determinados pelas condições meteorológicas acima expressas e pelo estado de secura da vegetação;

• Aumento das ignições face à atividade humana junto dos espaços rurais.


3. MEDIDAS PREVENTIVAS

A Autoridade Nacional de Emergência de Proteção Civil (ANEPC) recorda que, de acordo com as disposições legais em vigor, durante o período crítico (01 de julho a 30 de setembro):

PROIBIDO fazer Queimadas Extensivas sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520;

PROIBIDO fazer Queima de Amontoados sem AUTORIZAÇÃO. Informe-se na sua câmara municipal ou pelo 808 200 520;

PROIBIDO utilizar fogareiros e grelhadores em todo o espaço rural salvo se, usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados, para o efeito;

PROIBIDO fumar ou fazer qualquer tipo de lume nos espaços florestais;

PROIBIDO lançar balões de mecha acesa e foguetes. O uso de fogo-de-artifício só é permitido com autorização da Câmara Municipal;

PROIBIDO fumigar ou desinfetar apiários exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas.

PROIBIDO usar motorroçadoras (exceto se possuírem fio de nylon), corta-matos e destroçadores nos dias de Risco Máximo. Evite o uso de grades de discos;

OBRIGATÓRIO usar dispositivos de retenção de faíscas e de tapa-chamas nos tubos de escape e chaminés das máquinas de combustão interna e externa nos veículos de transporte pesados e 1 ou 2 extintores de 6 kg, consoante o peso máximo seja inferior ou superior a 10 toneladas (TON).

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil recomenda assim a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente através da adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, na utilização do fogo em espaços rurais, observando as restrições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC, do IPMA e do ICNF, ou junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros.

 


Pág. 1 de 15

Agenda


Não tem eventos

Boletim Municipal


Brasao Câmara Municipal de Cuba
Rua Serpa Pinto 84
7940-172 Cuba

Telefone: 284 419 900
Fax: 284 415 137
Email: geral@cm-cuba.pt
Horário de Funcionamento: Das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30