Vila Ruiva Medieval volta a recriar quotidiano quinhentista nos dias 29, 30 e 31 de março

Versão para impressão

EVENTO FACEBOOK VILA RUIVA MEDIEVAL

O “Anúncio dos banhos e do noivado entre a filha do Capitão Donatário de Porto Santo, Filipa Moniz e Cristóvão Colombo”, “a festa e os folguedos do povo” e “as Bodas e o Esposamento de Cristóvão Colombo” são algumas das recriações que a Feira Medieval de Vila Ruiva propõe para o final do mês de Março, nos dias 29, 30 e 31.

Com organização da Junta de Freguesia de Vila Ruiva e Albergaria dos Fusos, e com apoio da Câmara Municipal de Cuba, a Feira Medieval de Vila Ruiva – “Vila Ruiva Medieval”, pretende ser um espaço de animação e convívio cujo objetivo é dar a conhecer ao público, residente e visitante, a vivência quotidiana na Idade Média.

Com mercadores, artesãos, regatões e artífices de outrora, num espaço nobre da Vila, como é a zona onde em tempos esteve erigido o Castelo, a iniciativa é “um convite a uma viagem ao passado e à história da urbe Vilaruivense, num cenário onde se misturarão pregões, lutas e tormentos próprios da idade média”, explica a organização.

Três dias de recriação histórica, num programa ocupado por momentos como cortejos régios, demonstrações de armas, torneios de armas a cavalo e adubamento de cavaleiros, entre outros. A par disso, a Feira propõe ainda comeres saborosos e beberes sequiosos nas tabernas do mercado.

pdf icon PROGRAMA COMPLETO