Município de Cuba

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Início

CANTE ALENTEJANO PATRIMÓNIO CULTURAL DA HUMANIDADE: Município de Cuba lança homenagem ao Cante

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

foto canteAutarquia congratula-se com o parecer positivo da Unesco e lança, este fim-de-semana no Encontro de Cante (Centro Cultural de Cuba, dia 29, 09h30), uma “vídeo-homenagem” ao Cante de Cuba, no dia seguinte à decisão final da Unesco. Para a autarquia, “o Cante a Património Cultural da Humanidade vai ser uma realidade”.

“Cuba é a Catedral do Cante”. A expressão é de comum utilização nesta vila e configura um dos eixos estratégicos da autarquia para a projeção do concelho no País e no Mundo, especialmente, num momento em que esta forma de expressão tão única se encontra em vias de ser classificada como Património Cultural da Humanidade pela Unesco.

O parecer final do Comité Intergovernamental da Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial será conhecido esta quinta-feira. Contudo, independentemente da decisão que for anunciada, a aprovação da candidatura do Candidatura do Cante Alentejano – que a Unesco há três semanas já considerou “exemplar” – é por si uma vitória, tendo já levando o Cante Alentejano (e a região) às “bocas do mundo”, como provavelmente poucos patrimónios alentejanos o têm feito.
Dizer que o Município de Cuba subscreve e se congratula com os resultados desta candidatura é parco. Como alentejanos, é óbvio o orgulho proveniente de uma classificação desta relevância. Como cubenses, o Cante é uma das nossas manifestações culturais mais importantes – só no concelho de Cuba existem cinco grupos corais em atividade (um dos quais assinalou este ano 81º aniversário) e perdura a memória de tantos outros que cessaram. Em Cuba, o Cante é espontâneo, surge naturalmente entre “larachas” nos balcões das tascas, nas esquinas, nos petiscos. E é cada vez mais transversal a todas idades – veja-se a recente criação do grupo coral “Bafos de Baco”, composto só por jovens. O Cante é por isso um traço identitário e diferenciador para o povo de Cuba.

Faz assim todo o sentido a criação de uma marca que suporte e sustente esta diferenciação: a marca Catedral do Cante, como divisa, ou lema da nossa terra (O primeiro momento desta marca acontece já com o lançamento do vídeo de homenagem ao Cante). Cuba “Catedral do Cante” passa a ser o fio condutor de toda uma estratégia preparada pela autarquia no sentido reforçar a presença que o Cante já tem nas nossas gentes. O projeto de implementação do Cante Alentejano nas escolas do Município encontra-se em fase de preparação e, ao mesmo tempo, a autarquia prepara também a um novo evento que se vai realizar no final do mês de Maio, e que vai adotar o título de Feira do Cante e das Tradições.

O Executivo Municipal recorda que nem tudo foi fácil neste processo e que muitos daqueles que hoje se congratulam, nem sempre tiveram uma posição de apoio a esta candidatura.

Logo após a decisão da Unesco, o Município de Cuba apoia e recebe o 17º Encontro da MODA – associação de Cante Alentejano. A iniciativa, a ter lugar no Centro Cultural de Cuba, tem como tema para debate o cante alentejano no período pós-candidatura, a sua salvaguarda e que perspetivas se anunciam para o seu futuro. Aqui, a autarquia de Cuba irá apresentar um vídeo de homenagem ao Cante, em particular ao Cante em Cuba. O encontro tem arranque marcado para as 09h30.

 

Ligações Rápidas









PREMIO FIALHO ALMEIDA

BOTÃO SUSTOWNS SITE

 

 

Agenda


Não tem eventos

Boletim Municipal


Brasao Câmara Municipal de Cuba
Rua Serpa Pinto 84
7940-172 Cuba

Telefone: 284 419 900
Fax: 284 415 137
Email: geral@cm-cuba.pt
Horário de Funcionamento: Das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30