Município de Cuba

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Parque Empresarial

PRÉMIO LITERÁRIO FIALHO D'ALMEIDA - REGULAMENTO

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

LOGO PREMIO LIT FIALHOALM------------------------------ ATUALIZAÇÃO------------------------------

A obra vencedora da primeira edição do Prémio Literário Fialho de Almeida será conhecida no próximo mês de Outubro – no dia 13, Dia Internacional do Escritor – em sessão pública marcada para o efeito, a realizar no Museu Literário Casa Fialho de Almeida.

Conforme constava no Regulamento do Prémio, o evento para o anúncio da obra vencedora do Prémio Fialho de Almeida estava inicialmente marcado para Maio de 2020, tendo a sua realização sido impossibilitada por fatores relacionados com o contexto pandémico que o país atravessava e que ainda se mantém até à data.

Recorde-se que o Prémio Literário Fialho de Almeida é fruto de uma parceria entre Câmara Municipal de Cuba e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo em colaboração com a Associação Cultural Fialho de Almeida. Para esta primeira edição recebeu um total de 20 obras candidatas, tendo sido apuradas 13 finalistas.

Sobre o Prémio:

José Valentim Fialho de Almeida nasceu em Vila de Frades, no Alentejo, a 7 de maio de 1857 e morreu na vila de Cuba, a 4 de março de 1911.

Em 1881 publicou o primeiro livro de Contos, e, um ano mais tarde, A Cidade do Vício, considerada a sua melhor obra de ficção. Colaborou em inúmeros jornais e revistas em Portugal e no Brasil, tendo-se distinguido como mordaz crítico de arte e de costumes e, sobretudo, como contista, que enriqueceu a literatura portuguesa com algumas das suas páginas mais expressivas. Senhor de um temperamento complexo e contraditório, a sua obra reflete, como poucas, o conflito entre a virulência do crítico e a sensibilidade do artista em constante busca do ideal de perfeição.

Destacamos, de forma mais relevante, os seguintes títulos: Contos (1881), A Cidade do Vício (1882), os Gatos, 6 volumes (1889-1894), Pasquinadas (1890), Lisboa Galante (1890), Vida Irónica (1892), O País das Uvas (1893), À Esquina (1903) e, postumamente, Barbear, Pentear (1911), Saibam Quantos... (1912), Estâncias de Arte e de Saudade (1921), Ave Migradora (1922), Figuras de Destaque (1923), Actores e Autores (1925) e Vida Errante (1925).

A Câmara Municipal de Cuba, bem como a Associação Cultural Fialho de Almeida, atendendo ao valor do escritor enquanto património cultural do concelho tem todo o interesse na divulgação da sua vida e obra.

Constitui missão da Direção Regional de Cultura do Alentejo, na respetiva circunscrição territorial, a criação de condições de acesso aos bens culturais, nos termos do nº. 1 do artigo 2º. do Decreto-Lei nº. 114/2012, de 25 de Maio, entendendo como vital a presente parceria.

O Prémio Literário Fialho de Almeida é instituído pela Câmara Municipal de Cuba e pela Direção Regional de Cultura do Alentejo em colaboração com a Associação Cultural Fialho de Almeida, homenageando o escritor alentejano Fialho de Almeida, grande figura da Literatura portuguesa, que viveu em Cuba entre 1893 e 1911 (m.), e tendo como objetivo promover, defender e valorizar a Língua Portuguesa e a Identidade e Diversidade cultural da Região Alentejo, suas tradições, e de promover e incentivar a Criação Literária nas modalidades de coletânea de contos e romance, bem como o gosto pela Leitura e pela Escrita.

O Prémio Fialho de Almeida rege-se pelo seguinte regulamento.
CONSULTAR AQUI.

 

Ligações Rápidas









PREMIO FIALHO ALMEIDA

BOTÃO SUSTOWNS SITE

 

Agenda


Não tem eventos

Boletim Municipal

THUMB CAPA BOLETIM18


Brasao Câmara Municipal de Cuba
Rua Serpa Pinto 84
7940-172 Cuba

Telefone: 284 419 900
Fax: 284 415 137
Email: geral@cm-cuba.pt
Horário de Funcionamento: Das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30